Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifam.edu.br/jspui/handle/4321/269
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Impacto da expansão urbana em área de proteção ambiental – APA do Puraquequara-AM
Autor(es): Sampaio, Wanderley Souza
Primeiro Orientador: Azevedo, Gracilene Fernandes da Costa
metadata.dc.contributor.referee1: Azevedo, Gracilene Fernandes da Costa
metadata.dc.contributor.referee2: Bastos, James F. Fonseca
metadata.dc.contributor.referee3: Lourenço, Francisneide de Sousa
Resumo: O presente trabalho apresenta um estudo de caso relacionado aos impactos ambientais da expansão urbana em áreas de proteção ambiental. O objetivo foi analisar as alterações ambientais ocasionados na Área de Proteção Ambiental do Puraquequara - AM. O estudo foi realizado no bairro do Puraquequara, em 5 comunidades (Bela Vista, João Paulo, São Francisco Mainã, Costa do Tabocal e Vila do Puaraquequara). Para a coleta dos dados utilizou-se como método o estudo de caso, tendo como técnica a aplicação de entrevistas semiestruturadas para facilitar a criação de um diálogo aberto, onde a pessoa entrevistada se expressa livremente. No total foram entrevistadas 30 famílias, sendo que somente uma pessoa por família foi entrevistada. Em seguida foi aplicado também um questionário contendo os seguintes aspectos: 1 - socioeconômica, 2 - socioambiental e 3 - área protegida e desenvolvimento. Em geral, os resultados obtidos nesta pesquisa, indicaram a presença de diferentes fatores, tais como, a falta de conhecimentos e informações dos moradores em relação à conservação dos recursos naturais na área de estudo. Observou-se que dos entrevistados, 100% consideram importante a Área de Proteção Ambiental do Puraquequara para as comunidades, no entanto, somente 10% dos entrevistados tem conhecimento sobre os conteúdos da legislação que rege as Unidades de Conservação de Uso Sustentável. Conclui-se que devido o crescimento urbano e populacional, há vários problemas ambientais, ocasionados principalmente pelas modificações na paisagem e pela redução da cobertura vegetal ou pela poluição e\ou assoreamento de igarapés. Portanto, a partir dos resultados obtidos no presente trabalho, sugere-se a implementação de programas voltados para o reflorestamento e para a educação ambiental dos moradores da APA, para que todos tenham consciência da importância da preservação e conservação dos recursos naturais presentes na área. Palavras chaves: Ecossistema. Unidades de Conservação. Meio Ambiente.
Abstract: ABSTRACT This paper presents a case study related to the environmental impacts of urban sprawl in areas of environmental protection. The objective was to analyze the environmental changes caused in the Environmental Protection Area of Puraquequara - AM. The study was conducted in the neighborhood of Puraquequara in 5 communities (Bela Vista, John Paul, St. Francis Maina, Coast Tabocal and Vila do Puaraquequara). To collect the data was used as the case study method, with the application of semi-structured interviews technique to facilitate the creation of an open, where the interviewee is expressed freely. In total 30 families were interviewed, and only one person per household was interviewed. Then was also a questionnaire containing the following: 1 - socioeconomic, 2 - environmental and 3 - protected and development area. In general, the results obtained in this study indicated the presence of different factors, such as lack of knowledge and information of the residents in relation to the conservation of natural resources in the study area. It was observed that the respondents, 100% is considered important Puraquequara the Environmental Protection Area for communities, however, only 10% of respondents have knowledge about the contents of the legislation governing the sustainable use conservation units. We conclude that because the urban and population growth, there are several environmental problems, mainly caused by the changes in the landscape and the reduction of vegetation cover or pollution and \ or siltation of streams. Therefore, from the results obtained in this study, we suggest the implementation of programs for reforestation and environmental education of residents of the APA, so that all are aware of the importance of preservation and conservation of natural resources in the area. Keywords: Ecosystem. Protected Areas. Environment.
Palavras-chave: Ecossistema.
Unidades de Conservação.
Meio Ambiente.
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto Federal do Amazonas
Sigla da Instituição: IFAM
Tecnologia em Agroecologia
IFAM
Tecnologia em Agroecologia
metadata.dc.publisher.department: Campus Manaus Zona Leste
Citação: ABNT (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS). Degradação do solo: terminologia, NBR 10.703. 1989. ALVES, N. de S.; MOLINARI, D. C. Expansão urbana e proteção ambiental: reserva Particular do patrimônio natural municipal (RPPN) - Manaus (AM), p. 147- 2012. ANDRADE, R. F. C. Ribeirinhos urbanos: Vidas e Modos de Vida no Puraquequara/ Roberta Ferreira Coelho de Andrade. Manaus: Edua 174 p, 2013. ARAUJO, M. A. R. Unidades de Conservação do Brasil: O caminho da Gestão para Resultados; Sistema de Unidades de conservação da Natureza (SNUC). A República à gestão de classe mundial. Belo Horizonte, 2012. ARAÚJO, E.; BARRETO, P. Estratégias e fontes de recursos para proteger as Unidades de Conservação da Amazônia, Belém: Imazon, p. 40, 2015. AVILA, R, et al. Influence of education and depressive symptoms on cognitive function in the elderly. International Psychogeriatrics -junho; v. 21, n. 3 . 2009. BECKER, B. k. Amazônia. São Paulo: Ática. 2004. BITAR, O.Y.; ORTEGA, R. D. Gestão Ambiental. In: OLIVEIRA, A.M.S. & BRITO, S.N.A. (Eds.). Geologia de Engenharia. São Paulo: Associação Brasileira de Geologia de Engenharia (ABGE). Capitulo. 32, p. 499-508. 1998. CIRINO, J. C.; LIMA, J. E. Valoração contingente da Área de Proteção Ambiental (APA) São José – MG: um estudo de caso. Piracicaba, SP, v. 46, n. 03. 2008. COELHO, F. G. de M. et al. Desempenho cognitivo em diferentes níveis de escolaridade de adultos e idosos ativos. Revista brasileira geriatr gerontol. [online]. v.15, n.1, pp. 7-15. ISSN 1809-9823. 2012. CUNHA, S. K.; CUNHA, J. C. da. Competitividade e sustentabilidade de um cluster de turismo: uma proposta de modelo sistêmico de medida do impacto do turismo no desenvolvimento local. Rev. adm. contemp. [online]., vol.9 p. 63-79. ISSN 1982-7849. 2005. FEARNSIDE, P. M. Desmatamento na Amazônia: dinâmica, impactos e controle. Acta Amazônia, v. 36, n. 3, 2006. FERNADEZ, F. A. dos S. O Poema imperfeito: crônicas de Biologia, conservação da natureza, e seus heróis. 2. ed. Curitiba: UFPR, 2004. FERRAZ, L. R.; Ambiente e Participação Popular: um Estudo de Caso da Vila do Puraquequara. 1998. Dissertação (Mestrado). Manaus: CCA/UA: FONSECA A.; SOUZA J. C.; VERÍSSIMO A. Boletim do desmatamento da Amazônia Legal, Sistema de 192 Alerta de Desmatamento (SAD), setembro de 2014. Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (IMAZON), Belém, Pará, Brasil. 10 pp. 2014. 33 GARCIA, Y. M. Aplicação do Código Florestal como Subsídio para o Planejamento Ambiental na Bacia Hidrográfica do Córrego do Palmitalzinho - Regente Feijó / São Paulo, 2011. GONTIJO, J. C. F. Uso e características dos fragmentos florestais urbanos da cidade de Manaus/AM. 2008. 99f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia). GURGEL, L. T. A.; OLIVEIRA, K. L. Identificação e avaliação de impactos ambientais referentes às oficinas de um complexo ferroviário em Fortaleza - CE. VII CONNPI. Ciência, tecnologia e inovação: ações sustentáveis para o desenvolvimento regional. Palmas, 2012. HIGUCHI, N.; GEEA: Grupo de Estudos Estratégicos Amazônicos/ [Organizaddores: Adalberto Luiz Val, Geraldo Mendes dos Santos]. TOMO III, Manaus, INPA, p. 15-28. 2010. KANTEK, R. T.; SAUTTER, K. D.; MICHALISZYN, M. S. Impactos ambientais na Área de Proteção Ambiental (APA) de Guaratuba, Paraná, Brasil, sob o ponto de vista de moradores tradicionais. Sociedade e Natureza, Uberlândia, v. 21, n.2,39-56, 2009. LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Metodologia do Trabalho Científico. 77 ed. São Paulo: Atlas, 2009. LASCHEFSKI, K.; COSTA, H. S. M. Segregação social como externalização de conflitos ambientais: a elitização do meio ambiente na APA-Sul, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ambiente e Sociedade, Campinas v. 11, n. 2, p. 307-322, 2008. MARCONDES, D. Floresta, para que floresta? Disponível em <http://www.cartacapital.com.br/carta-na-escola/floresta-para-que-floresta>. Acesso em: 20 de agosto de 2011. MIRRA, Á. L. V. Impacto Ambiental. Editora Juarez de Oliveira, 4. ed. 2008. MORAIS, A. de O.; SCHOR, T. A geografia do abastecimento alimentar na Amazônia dos grandes rios: estudo a partir de Coari e Manacapuru/AM. X Simpósio Nacional de Geografia Urbana. Florianópolis, nov. 2007. MONTEIRO, G. T. M. “Evaluating Public Sector Reforms in Latin America” In: WOLLMANN, H. (org.) Evaluating Public Sector Reforms: ana international and comparative perspective. New York: Elgar, (forthcoming), 34 p. 2002. Disponível em: <http://www. clad.org.ve/anales6/monteiro>. Acesso em 21 de novembro de 2014: MOURA. L. A. A. Qualidade e Gestão Ambiental. São Paulo: Editora Juarez de Oliveira, 2002. MUCELIN, C. A.; BELLINI, M. Lixo e impactos ambientais perceptíveis no ecossistema urbano. Sociedade & Natureza, Uberlândia, v. 20, n.1, p.111-124, 2008. 34 NASCIMENTO, H. E. M.; LAURANCE, W. F. Efeitos de área e de borda sobre a estrutura florestal em fragmentos de floresta de terra-firme após 13-17 anos de isolamento. Acta Amazônica, v.36, n.2, p. 183-192. 2006. NETTO, A. A. de O. Metodologia da Pesquisa Científica: guia prático para a apresentação de trabalhos acadêmicos. 3. Ed. Florianópolis: Visual Book, 2008. OLIVEIRA, E. S.; TORRES, D. F. Educação ambiental na APA de Genipabu, como anda? Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Universidade Federal do Rio Grande, v. 21, p. 475-483, 2008. OTT, C. Gestão pública e políticas urbanas para cidades sustentáveis: a ética da legislação no meio urbano aplicada às cidades com até 50.000 habitantes. 2004. 198 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004. PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS. Código de Postura. Disponível em: <http://www.leismunicipais.com.br>. Acesso em: Novembro de 2014. ________ MANAUS. Lei n° 671, de 04 de novembro de 2002. Plano Diretor do Município. Câmara Municipal de Manaus, Manaus, 2006. ________ MANAUS. Lei n° 605 de 24 de julho de 2001. Código Ambiental do Município de Manaus. Secretaria Municipal de Meio Ambiente. PMM, Manaus, AM, 2001. ________ COMDEMA – Conselho Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente. Resolução n° 002/2002. Secretaria Municipal de Meio Ambiente, PMM, Manaus, AM, 2002. ________ Lei Municipal Ordinária nº 605/2001 de Manaus - INSTITUI O CÓDIGO AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE MANAUS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. 2001. SEUC- Sistema Estadual de Unidades de Conservação, 62 p. 2. edição. 2007. SCOTT, J. História das mulheres. In: BURKE, P. (org.) A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo, Unesp, pp. 64-65, 1992. SILVA, L. F. Avaliação participativa de indicadores de sustentabilidade no manejo de agroecossistema de guaraná em duas comunidades indígenas Sateré Mawé no Andira/AM. p. 56-75, 2011. SILVA, G. L. M.; SILVA, D. P. L. da.; SILVA, S. P. da. Avaliação dos impactos ambientais negativos ocorridos nas nascentes do rio Gruna/estudo de caso no município de Senhor do Bonfim-BA. IV Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental, Salvador/BA. Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=3222-2013>. Acesso em: novembro de 2014. VAL, A. L.; SANTOS, M, dos S. GEEA: Grupo de Estudo Estratégicos Amazônicos/ TOMO III. Manaus INPA, 190 p. 2010. VERDEJO, M. E. Diagnóstico Rural Participativo- um guia prático. Brasília, p. 22, 2006. VIANA, V. Unidades de Conservação do Estado do Amazonas/ Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Manaus: SDS/SEAPE, 86 p. 2007. 35 XAVIER F. M. F. O transtorno cognitivo da depressão geriátrica ou pseudodemência depressiva do idoso. In: Parente MAMP, et al. Cognição e envelhecimento. Porto Alegre: Editora Art Med; p. 203-24. 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifam.edu.br/jspui/handle/4321/269
Data do documento: 26-Fev-2015
Aparece nas coleções:GRAD CMZL – Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_APA_WANDERLEY -26 marco FINAL.pdf630,45 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.